Intoxicações eletrônica: o sujeito na era das relações digitais.

Na Era da Pre(s)sa e da fragilidade dos laços, o imediatismo tecnológico também trouxe ansiedade, inquietações e menos tolerância à frustação, já que tudo precisa ser previsível, eficiente, prazeroso e rápido, como acontece nas telas. Adela Gueller mostra como os jogos eletrônicos, as redes sociais e/ou os vídeos têm a função de afastar os sentimentos incômodos, as tensões psíquicas que geram desprazer, como solidão, raiva, culpa, medo ou angústia.


*Trecho da minha dissertação de mestrado O tempo e o impacto da experiência estética na Era da Pre(s)sa: psicanálise e teatro performático



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo